Imprensa

Deputado Coronel Tadeu abre série Encontro Sindag e Parlamentares

/ /

Dirigentes do setor e empresários aeroagrícolas conversaram com o parlamentar sobre demandas e propostas que tramitam no Congresso Nacional

A conversa com o deputado federal Coronel Tadeu (PSL/SP) abriu, na última semana, a série projeto Encontro Sindag e Parlamentares. A iniciativa do Sindag do Ibravag tem como foco aproximar os associados das duas entidades com os representantes do Congresso Nacional e das Assembleias Legislativas. “Trata-se de um exercício de cidadania e de transparência, ao mesmo tempo em consolidamos parcerias”, explica o presidente do Sindag, Thiago Magalhães.

A videoconferência com Coronel Tadeu foi na segunda-feira (20). O parlamentar ouviu do presidente do Sindag, Thiago Magalhães, e dos demais presentes no encontro a preocupação que propostas de incentivo para a aviação geral sejam estendidas também ao setor aeroagrícola. O mesmo valendo para medidas de socorro ao agronegócio.

“Estamos em um setor bastante específico nas duas atividades e, ao mesmo tempo, indispensável a ambas. O que, de um lado, nos faz chamar a atenção do governo para não ficarmos de fora de um olhar mais genérico. De outro lado, o risco de eventualmente ficarmos de fora é um risco também contra a produtividade, o que em muitos aspectos poderia anulas algum benefício à lavoura”, ponderou Magalhães.

DEMANDAS

Tadeu agradeceu a confiança dos operadores e destacou que tem trabalhado com força pela aviação e por todo o setor produtivo, ainda mais nessa época de coronavírus. “Temos atuado muito especialmente nas discussões das medidas provisórias de ações para resguardar a economia durante a crise do coronavírus. É claro que as demandas do setor aeroagrícola também são importantes nesse contexto” destacou o deputado.

O parlamentar conversou com os operadores sobre questões envolvendo incentivos nas áreas de tributos, contratos de dívidas em dólar, alíquotas sobre combustíveis e financiamentos para capital de giro. Ele se comprometeu com os empresários a reexaminar as MPs ainda em discussão na Câmara dos Deputados a partir das demandas do setor, “para verificar se há alguma norma que seja preciso ser clareada ou modificada, ou mesmo se cabe incluir alguma emenda”.

Sobre os debates já encaminhados para o Senado, Tadeu adiantou que deve conversar com o senador major Olímpio, com quem tem uma boa relação. “O senador também tem as mesmas preocupações com o setor produtivo e tenho certeza de que também vai ajudar a aviação agrícola”. Tadeu destacou ainda que segue em contato direto com o Sindag: “meu gabinete está sempre aberto ao setor”, concluiu.   

[fbcomments]