Imprensa

NOTA OFICIAL – Atentado contra piloto agrícola em SP

/ /

O Sindicato das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag) e a Imagem Aviação Agrícola, de São José do Rio Preto/SP, manifestam sua PROFUNDA INDIGNAÇÃO pelo fato de um dos aviões da empresa ter sido alvejado com um tiro na tarde dessa quinta-feira (26), no Município de Cedral, no interior de São Paulo. O fato está sob investigação da Polícia Civil paulista e a expectativa é de que o criminoso seja identificado com base nos registros de voo do avião e ângulo da aeronave no momento do disparo. Felizmente o piloto não foi atingido e a aeronave não teve problemas em retornar à base.

No entanto, o atentado contra a vida do piloto representa também um ato criminoso e de covardia contra uma atividade essencial à sociedade brasileira. Não só por garantir a produção sustentável e em larga escala de alimentos e de insumos indispensáveis à mesa do brasileiro e à fabricação de biocombustíveis e diversos outros produtos essenciais à população. Mas também por ter sido considerada atividade indispensável para garantir matéria-prima para a produção de álcool em gel ou líquido, além de fibras e insumos para materiais e equipamentos utilizados nas ações de combate ao novo coronavírus (covid-19).

Por conta disso, o Sindag também manifestará sua preocupação diretamente à Secretaria da Segurança Pública de São Paulo e pedirá ainda providências às autoridades federais.

Lembramos que há 50 anos a aviação é a única ferramenta para o trato de lavouras com regulamentação própria e a que conta com pessoal mais qualificado, além da tecnologia mais avançada para a segurança operacional e ambiental no campo. Da mesma forma que cumprimos as leis e nossa proatividade aumenta constantemente a segurança em nossas atividades, também exigimos que o Estado garanta a segurança de nossos pilotos, técnicos e todo pessoal envolvido nas operações.

[fbcomments]