Abapa movimentou 15 mil pessoas em ações de capacitação e conscientização sobre a o agro

Ações da entidade baiana em 2019 tiveram a parceria do setor aeroagrícola, onde a ABA Manutenção deve dobrar este ano as visitas de 900 crianças de crianças e jovens recebidas em seus hangares

A aviação agrícola esteve em algumas das mais de 500 atividades que em 2019 abrangeram cerca de 15 mil pessoas no oeste baiano, promovidas pela Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa). Os números foram divulgados na última semana pela entidade e apontaram um crescimento de mais de 66% sobre os 9 mil estudantes e profissionais atendidos 2018. Um recorde que, ao que tudo indica, terá vida curta: A meta da Abapa para 2020 é chegar a 17 mil pessoas em seus projetos.

Uma das parceiras da Abapa e do Sindag, a ABA Manutenção de Aeronaves, em Barreiras, recebeu no ano passado cerca de 900 estudantes, que aprenderam sobre a importância e a segurança da aviação agrícola. A atividade ocorreu entre agosto e setembro e a entidade algodoeira anunciou agora que pretende dobrar as ações com o setor aeroagrícola este ano.

Estudantes conheceram a importância e a segurança do setor, além das oportunidades profissionais para futuros técnicos

Para isso, conforme o sócio-gerente da empresa, Ruddigger Alves da Silva, as atividades com os estudantes ocorrerão já a partir de março. Os jovens (com idades entre 10 e 18 anos) visitam os hangares da ABA e assistem a apresentações sobre a aviação, como é o trabalho aeroagrícola e a produção agrícola no Estado. A empresa utiliza materiais de divulgação do sindicato aeroagrícola e os estudantes têm ainda a oportunidade de ver de perto os aviões agrícolas e conhecer toda a tecnologia embarcada nos aparelhos.

INCREMENTO
Segundo o presidente da Abapa, Júlio Cézar Busato (em notícia no site da Abapa), o incremento das ações em 2019 foi devido em boa parte à ampliação de seu Centro de Treinamento Parceiros da Tecnologia (CT), situado em Luís Eduardo Magalhães. “Juntamente com a mobilização de parceiros, a entidade vem valorizando e investindo no social com o aperfeiçoamento e melhoria contínua dos profissionais do setor agrícola, garantindo mais produtividade, segurança, qualidade e bem-estar para quem trabalha em prol do desenvolvimento da agricultura baiana”, completa.

Comments

wonderful comments!