Congresso AvAg como vitrine para a África do Sul

Empresário sul-africano utiliza tecnologia brasileira em seus helicópteros de pulverização e busca novidades no evento do Sindag

Principal vitrine do setor aeroagrícola brasileiro, fomentando empresas nacionais e atraindo fornecedores de fora para no segundo maior mercado do setor no mundo, o Congresso da Aviação Agrícola do Brasil também é referência para quem quer levar a tecnologia de ponta daqui para outros países. É o que relata o empresário sul africano Eugene Kalafatis, em entrevista ao Momento Aeroagrícola. Proprietário da Heli Tractor (na província de KwaZulu-Natalm no oeste de seu país), Kalafatis foi um dos cerca de 3,1 mil visitantes da edição 2019, em Sertãozinho, São Paulo. No vídeo, ele fala sobre o crescimento do congresso brasileiro e o quanto a tecnologia daqui é importante para a África do Sul.

Confira abaixo o vídeo

Cliente da gaúcha Travicar Tecnologia Agrícola – de quem comprou sistemas eletrostáticos de pulverização (SPE), Kalafatis ressalta que vem também para aprender. “O Brasil é realmente um líder quando se trata de agricultura e são muitas as ideias que levamos de volta à África do Sul depois de visitar o congresso”, assinala. O empresário sul africano trata 100 mil hectares de lavouras (especialmente de cana-de-açúcar) com seus helicópteros e ainda fornece sistemas de asas rotativas para diversos países.

Comments

wonderful comments!