Mais de 100 pessoas participaram da teleconferência promovida pelo Sindag e Anac

Encontro via web serviu para apresentar as mudanças no RBAC 91.409 e esclarecer dúvidas dos operadores e pessoal de oficinas

Cerca de 100 operadores aeroagrícolas e outros profissionais do setor, além de dirigentes do Sindag, participaram na quinta-feira (23) da videoconferência com representantes da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) sobre as mudanças no o Regulamento Brasileiro de Aviação Civil (RBAC) 91.409, que entrarão em vigor no dia 1º de junho. A live serviu para os empresários e pessoal de manutenção esclarecer dúvidas sobre as novas regras sobre o programa de manutenção das aeronaves agrícolas.

O encontro foi aberto pelo presidente do Sindag, Thiago Magalhães e teve a mediação do assessor de Documentação do sindicato aeroagrícola, Agadir Mossmann. A apresentação principal e o esclarecimento das dúvidas ficaram a cargo do o gerente de Coordenação da Vigilância Continuada (GCVC) da Anac, Henri Salvatore Bigatti. Também participaram pela agência os servidores Firmino Cota Souza Junior e Carlos Eduardo Lopes de Almeida.

AGILIDADE

O encontro durou mais de uma hora e, entre as apresentações e discussões, os operadores e especialistas em manutenção colocaram diversas dúvidas sobre temas desde relações e peças e obrigatoriedade de troca de componentes até documentação obrigatória a bordo durante o translado. Além das dúvidas colocadas no encontro, diversas questões também foram encaminhadas por e-mail para os representantes da Anac. Os esclarecimentos também deverão ser incluídos na quinta edição do Guia do Operador Aeroagícola (GOA), que está sendo preparada pela Agência.

A reunião da quinta foi um desdobramento da videoconferência ocorrida no último dia 17, na agenda positiva entre dirigentes do Sindag e da Anac, retomada no ano passado. O encontro de agora foi considerado positivo pelo alto grau de participação e interatividade entre os operadores e a Agência. O que significa que a experiência deva ser repetida entre a entidade reguladora e o público do setor aeroagrícola, inclusive com possibilidade de ampliação na pauta.

Comments

wonderful comments!