Os primeiros 100 dias de 2020 para a aviação agrícola

Em plena crise do novo coronavírus, ano tem sido um dos mais intensos para o setor e, providencialmente, com o Sindag focado em aprimorar e dar suporte à gestão das associadas 

Na data em que se completam os primeiros 100 dias de 2020, o ano que começou destinado a marcar a excelência em gestão das empresas associadas ao Sindag (segundo o Planejamento Estratégico da entidade) acabou indo além: trouxe junto uma prova de fogo para todas as lideranças do setor. Ao mesmo tempo, a crise do novo coronavírus mostra o quanto um sindicato aeroagrícola forte e dinâmico é providencial em um momento de tempestade. Não para livrar os empresários de todos os receios e incertezas, mas sem dúvida fornecendo ferramentas e indicações essenciais de caminhos para sobreviver no mercado. E com muitas ações práticas.

Para o presidente do Sindag, Thiago Magalhães Silva, em apenas um quadrimestre, o ano teve praticamente uma mudança de paradigma. “Começamos com uma série de ações em inúmeras frentes. Nas relações governamentais, chegamos longe como nunca – com reuniões no Ministério do Desenvolvimento e até na Presidência da República. Sem falar na efetividade de uma agenda estratégica que havíamos alinhavado em vários órgãos”, assinala.

Na avaliação do dirigente, apesar da aviação agrícola ter sido considerada atividade essencial para o agro (que não parou), há turbulências que vão exigir preparo. “Entre os produtores, parte da safra de commodities já foi colhida, favorecida pelo câmbio. Porém, a mesma alta do dólar está tendo influência no aumento dos cursos operacionais e de manutenção para os operadores aeroagrícolas”, exemplifica.

“Por outro lado, não perdemos associadas por causa da crise. Tivemos ainda uma pausa na agenda institucional política devido ao novo coronavírus, mas com expectativa de retomá-la logo que a pandemia passar”, destaca Magalhães. Já outras frentes seguem normalmente, em teleconferências via web. Algumas de maneira providencial, como o Projeto Mentoria, que vinha sendo preparado desde o ano passado e chegou agora. São 27 consultores altamente capacitados que, no último dia 30, começaram a atender as 170 empresas associadas ao Sindag. O trabalho tem foco no diagnóstico da situação atual da empresa, planejamento de longo prazo, sucessão familiar, plano comercial, plano de marketing, desenvolvimento de pessoas, gestão de custos e outros pontos.

Crise da Covid-19 reforçou importância de do sindicato aeroagrícola para o setor

TIMMING DA PROFISSIONALIZAÇÃO

“O tema de 2020 segue sendo a profissionalização do setor”, sublinha o diretor executivo do Sindag, Gabriel Colle. “Inicialmente, a meta era até junho completarmos as visitas a todas as empresas associadas. Essa e outras ações ficaram para o pós-crise, mas o Projeto Mentoria segue como planejado”, completa. Colle explica que a crise mostrou também a importância do dinamismo do Sindag em dar respostas às associadas – na mesma velocidade em que o cenário vai mudando durante a pandemia. Caso, por exemplo, dos mais de uma dezena de pareceres jurídicos distribuídos a cada alteração de regra ou nova decisão, por exemplo, sobre vencimento de tributos, obrigações patronais e renegociações de dívidas.

E há ainda novidades que seguem com lançamento programado via web, como a nova ferramenta digital para gestão de empresas. Nesse caso, um aprimoramento da planilha de custos aeroagrícolas lançada em 2018 pelo Sindag. Ela se transformou em uma plataforma que vai gerenciar de maneira instantânea desde os relatórios operacionais da empresa até os custos de cada aeronave e obrigações referentes a cada profissional.

A novidade será disponibilizada gratuitamente para cada empresa associada e vai ser apresentada em maio, durante a Assembleia Geral do sindicato (em teleconferência). “Só a ferramenta de gestão teria um custo de assinatura mensal de 500 reais, caso o associado tivesse que buscar entre as opções similares no mercado. Aí já se tem uma mínima ideia das vantagens de ser sócio do Sindag. Some-se a mentoria ocorrendo em plena crise (e já direcionando soluções para ela), mais as orientações jurídicas e todo o resto a conta das vantagens vai longe”, arremata o presidente Thiago Magalhães.

BALANÇO

Entre o que já foi feito em 2020, a conta também vai longe. Por exemplo, com o início da aproximação institucional com o Ministério Público de Tocantins e a maior presença do sindag no Norte do País (resultando inclusive no Sindag na Estrada desta quinta-feira, via web). Sem falar ações desde os preparativos para as pesquisas do Fórum Científico da Aviação Agrícola até a parceria com o Cluster Aeroespacial Brasileiro para levar operadores à 5ª Aerospace & Defense Supliers Summit – A&DSS, em Seattle (EUA).

Confira a lista:

 Premiação para projeto de pesquisa

Entrevista do presidente Thiago Magalhães ao Global Crop Protection

 Destaque na Revista da Fapesp

Encontro com ministra sobre a estiagem no RS

 Roteiro de visita nas empresas associadas

 30ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz

 Parceria com Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa)

Campanha do programa de pontos Orbia

 Entrevista Canal Terra Viva

Dia de Campo do Irga

 Eventos em todo País com participação de associadas

Novos colunistas no site

Debate sobre aviação agrícola no Ceará – Xico Graziano

Agenda no Ministério da Economia e Secretaria de Aviação Civil

 Entrevista na Rádio CBN Ribeirão Preto

Destaque da Startup Air Agro

 Patrocinadores e expositores confirmados para o Congresso AvAg

Vitória na justiça – caso de irregularidade do Ibama

 Divulgação do novo levantamento sobre a frota  (Eduardo Araújo)

Sindag na Estrada

Audiência no Palácio do Planalto

Mudanças no Curso de Prevenção de Acidentes Aeronáuticos – Aeroagrícola (CPAA-AG)

Reunião do Grupo Brasileiro de Segurança Operacional da Aviação Geral (BGAST)

Ministra Tereza Cristina defende a aviação agrícola

 Ampliação do Colmeia Viva

Avaliação de impacto de linha de energia no RS

Operações aeroagrícolas na pauta da CNA

 AvAg considerada essencial contra a crise da Covid-19

 Parceria com a Cofco para ampliar tecnologia do Polinizar

Campanhas:

Para atrair mais associadas

Apoio a campanha da Aopa para missões humanitárias

Destaque contra a crise do coronavírus

Para impulsionar programa de pontos

Publicações diversas (com espaço fixo para o Sindag):

Canal Rural

Revista Aiba Rural

Revista Agroanalysis

Revista Aviación Agrícola (Fearca)

Revista AgAir Update

Revista Perfil

Coordenação e reportagens na revista Aviação Agrícola (Ibravag)

Comments

wonderful comments!