Sindag e entidades do agro discutem políticas para o setor em SP

Políticas para o setor agrícola paulista e o cenário de proposições parlamentares no Estado foram o tema da reunião do Fórum Agro de São Paulo, ocorrido nessa terça-feira (17). O encontro teve a participação do Sindag, representado pelo secretário executivo Júnior Oliveira, e contou com a presença dos deputados estaduais Itamar Borges (MDB) e Fernando Cury (PPS), representando a Frente Parlamentar do Agronegócio Paulista (SP-Agro).

O grupo definiu sua participação, no dia 6 de março, de uma manhã de palestras que estão sendo promovidas pela SP-Agro para prefeitos e parlamentares a respeito dos avanços, importância e sustentabilidade da produção agrícola paulista. O encontro vai ocorrer em Botucatu, no campus local da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita filho (Unesp), que está ajudando a promover o evento.

Participaram do encontro a Federação de Agricultura do Estado de São Paulo (Fiesp), Sociedade Rural Brasileira (SRB), Organização de Plantadores de Cana da Região Centro-Sul do Brasil (Orplana),  União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), Associação Nacional dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários (Andav), Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos (CitrusBR), CropLife Brasil, Sindicato das Indústrias de Defesa Vegetal (Sindiveg), Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo (Ocesp) e a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

Oliveira também está aproveitando a presença em São Paulo para um roteiro de visitas institucionais. Ainda ontem o secretário executivo do sindag esteve na Secretaria Estadual de Agricultura, onde conversou com a secretária-executiva de Agricultura e Abastecimento, Gabriela Chiste; o dirigente técnico José Fontes e o coordenador Diogenes Kassaoka. O roteiro nessa quarta-feira deve prosseguir em instituições e na Assembleia Legislativa.

Encontro do Fórum Agro de São Paulo ocorreu na Assembleia Legislativa do Estado

Na Secretaria de Agricultura do Estado, Oliveira conversou com a secretária-executiva da pasta, Gabriela Chiste, o dirigente técnico José Fontes e o coordenador Diogenes Kassaoka